segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016


"Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas; minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos"
Clarice Lispector


domingo, 28 de fevereiro de 2016

E se algum dia te escrever o que te sinto não vou escrever que te amo, não,vou inventar verbos como inventamos o que nos une,
vou escrever que te vida, que te luz,
vou escrever que te céu, que te asas,
que te tudo, 
tudo ligado, tudo unido,
sem espaços, sem pontes, 
sem separações.
Quando se ama, até uma ponte é espaço demais.

Pedro Chagas Freitas





"Feliz o homem que sabe valorizar uma mulher. Este sim, pode chamá-la de sua. Não pelo sentimento de posse, mas, por ela não querer ser de mais ninguém."
Nicholas Sparks.



sábado, 27 de fevereiro de 2016

Um olhar
Um gemido
A libido
Um toque
Arrepio
A voz
Sedução no ouvido
Mas nada teria sentido
Se o coração
Não estivesse envolvido
Palavra que antecede
o pensamento
Sonhos que unificam
sentimentos
Desejo de carne
e de beijo
Vontade de pele
e de colo
Amor profano, insano
Sagrado e santo
Porque no instante que
a cama incedeia
A alma clareia
Renata Fagundes



Que nunca os ouvidos se cansem do suspiro, porque é apenas por ele que para a vida me atiro.
Que todos entendam o valor do gemido, que todos sucumbam sob o poder do pedido – e que eu seja o que ama mesmo depois de vencido.
E que nenhuma mão desista de dar, e que nenhuma voz desista de acordar – e que eu seja o demente que fica feliz só por poder andar.
E que nenhuma palavra se diga para magoar, e que nenhum grito se dê para ferir – e que eu seja o que mesmo desgraçado consegue sorrir.
Que ninguém ande por andar, que ninguém desista de querer amar – e que eu seja o que abdica de tudo menos de arriscar.
Que ninguém se entregue sem tudo se entregar, que ninguém pare sem pelo menos tentar – e que eu exija fazer o que um dia ousei sonhar.
E que nenhuma mulher se deite por dever, e que nenhum homem se ame só por nada mais ter – e que eu seja o que faz do orgasmo uma forma de viver.
Que nunca se pense que o prazer é pecado, que nunca se queira ir a menos do que todo o lado – e que eu seja o que faz do “estou-me a vir” o seu fado.
Que nunca os ouvidos se cansem do suspiro, porque é apenas por ele que para a vida me atiro.
Pedro Chagas Freitas


Quero o circo todo a que tenho direito: sedução, fantasia, tempo. Quero um romance longo, quero intimidade. Fazer cena de ciúme, terminar, voltar, amar, brigar de novo, telefonar, pedir desculpas, retornar. Amantes bem comportadas são um tédio.
Martha Medeiros


sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016


Faz do improviso
o teu alimento
a espontaneidade
do mundo
provoca-te
as mais doces sensações
Não penses
apenas
deixa fluir
os teus sentimentos
faz o que apetece
solta o teu lado selvagem
se apenas tu
sem rótulos
João Carlos Aleixo


Para fazer amor é preciso mais, muito mais, do que despir o corpo. É preciso despir o ser até à inocência. E entregarmo-nos nus, despidos do mundo e sem medo de perder a alma.
In: Diário dos Infiéis


"A felicidade é a única coisa que podemos dar sem ter"
Coskun Cokbulan


Quero noites de prazer
Quero noites de loucura
Quero sentir
Quero isto
Quero aquilo 
Quero viajar em teu corpo
Quero quebrar regras
Quero devorar limites
Vicomte Valmont


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

❝ Estou cansada de viver como se já fosse uma pessoa adulta e madura. Gostaria de voltar a ser criança – uma garotinha de seis anos que caiu da bicicleta. Gostaria de fazer cara de choro e correr aos berros para a cozinha, onde minha mãe me ergueria do chão, me daria um forte abraço e beijaria meu joelho esfolado. Eu pararia de chorar e tomaria leite com chocolate para a dor passar. Essa é uma das coisas que as pessoas não nos ensinam quando falam de crescer: como lidar com as dores que não passam com um beijo. ❞

Soul Love


" Talvez esteja a começar a primavera. Ela visita-nos todos os anos sem avisar, sem nos pedir que lhe guardemos lugar no calendário.E vem com os seus aromas mais vivos e traz consigo o desejo dos namorados a beijarem-se na relva do jardim, ou escondidos atrás dos arbustos, para que ninguém os surpreenda quando já nada há que os possa deter, sofregamente agarrados como raízes de uma mesma árvore molhada pela chuva primordial da estação das grandes paixões"
José Jorge Letria


"Em outras palavras, raspas e restos não me interessam."
Caio F.


Mas estou cansada, apesar de minha alegria de hoje, alegria que não se sabe de onde vem, como a da manhãzinha de verão. Estou cansada, agora agudamente! Vamos chorar juntos, baixinho. Por ter sofrido e continuar tão docemente. A dor cansada numa lágrima simplificada”.
. Clarice Lispector


terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

(...)
Ao vento arremessamos as verdades que doem
E as palavras que ferem.
Da noite que nos gera, e nós amamos,
Só os astros trazemos.
A treva ficou onde
Todos guardamos a certeza oculta
Do que nós não dizemos,
Mas que somos.
José Carlos Ary dos Santos


Quando estou só reconheço
Se por momentos me esqueço
Que existo entre outros que são
Como eu sós, salvo que estão
Alheados desde o começo.
E se sinto quanto estou
Verdadeiramente só,
Sinto-me livre mas triste.
Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe.
Creio contudo que a vida
Devidamente entendida
É toda assim, toda assim.
Por isso passo por mim
Como por coisa esquecida.
Fernando Pessoa


"...não sabia que caminho tomar
Mas o vento soprava forte, varia para um lado,
E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.
Assim tem sido sempre a minha Vida, e assim quero que possa ser sempre
Vou onde o vento me leva e não me sinto pensar. "
Alberto Caieiro


Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem achei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que eu sou e vejo.
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem,
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: "Fui eu"?
Deus sabe, porque o escreveu.
Fernando Pessoa


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

“There comes a time in life, when you walk away from all the drama and people who create it. You surround yourself with people who make you laugh, forget the bad, and focus on the good. So love the people who treat you right, pray for the ones who don't. Life is too short to be anything but happy. Falling down is a part of life, getting back up is living.”
– Shuja Sayeed


Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.
Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.
Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.
Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.
Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.
Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte;
linguagem.
Traduzir-se uma parte
na outra parte
- que é uma questão
de vida ou morte -
será arte?
Ferreira Gullar



Dos nossos medos
nascem as nossas coragens,
e nas nossas dúvidas,
vivem as certezas.
Os sonhos anunciam 
outra realidade possível
e os delírios, outra razão.
Na jornada
nos esperam resultados,
porque é preciso perder-se
para voltar a encontrar-se.
Eduardo Galeano

domingo, 21 de fevereiro de 2016



Time is
Too slow for those who wait,
Too swift for those who fear,
Too long for those who grieve,
Too short for those who rejoice;
But for those who love, time is eternity.
[Henry van Dyke]



"Mulheres são como maçãs em árvores.
As melhores estão no topo.
Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão,
que não são boas como as do topo,
mas são fáceis de se conseguir.
Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas,
quando na verdade, eles estão errados...
Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar,
aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."
Machado de Assis

Tudo no mundo começou com um sim. Uma molécula disse sim a outra molécula e nasceu a vida. Mas antes da pré-história havia a pré-história da pré-história e havia o nunca e havia o sim. Sempre houve. Não sei o quê, mas sei que o universo jamais começou.
Que ninguém se engane, só consigo a simplicidade através de muito trabalho.
Enquanto eu tiver perguntas e não houver resposta continuarei a escrever. Como começar pelo início, se as coisas acontecem antes de acontecer? Se antes da pré-pré-história já havia os monstros apocalípticos? Se esta história não existe passará a existir.
Pensar é um ato. Sentir é um fato. Os dois juntos – sou eu que escrevo o que estou escrevendo. Deus é o mundo. A verdade é sempre um contato interior inexplicável. A minha vida a mais verdadeira é irreconhecível, extremamente interior e não tem uma só palavra que a signifique.
Meu coração se esvaziou de todo desejo e reduz-se ao próprio último ou primeiro pulsar.
[Clarice Lispector In: A Hora da Estrela]


É fácil trocar as palavras,
Difícil é interpretar os silêncios!
É fácil caminhar lado a lado,
Difícil é saber como se encontrar!
É fácil beijar o rosto,
Difícil é chegar ao coração!
É fácil apertar as mãos,
Difícil é reter o calor!
É fácil sentir o amor,
Difícil é conter sua torrente!
Como é por dentro outra pessoa?
Quem é que o saberá sonhar?
A alma de outrem é outro universo
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.
Nada sabemos da alma
Senão da nossa;
As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,
Com a suposição
De qualquer semelhança no fundo.
Fernando Pessoa


sábado, 20 de fevereiro de 2016

Dizem que o tempo resolve tudo.
A questão é: quanto tempo?
in Alice no País das Maravilhas


Me diga que está triste, eu consolo. Me diga que nunca foi tão feliz, eu concordo. Me ame ou me odeie. Me mande pra puta-que-o-pariu ou me convide pra ir com você. Exploda na minha cara ou se derreta na minha mão. Deixa eu te ver morrendo de tanto rir ou com vergonha das olheiras de tanto chorar. Só não me esconda o rosto. Me abrace, me esmurre, me lamba ou me empurre. Só não me balance os ombros. Não me perturba assistir tua dor nem acompanhar teu gás. Te ver mais ou menos realmente me incomoda. Mais ou menos não rende papo, não faz inverno nem verão, não exige uma longa explicação. É melhor estar alegre ou estar triste, mais ou menos é a pior coisa que existe
Gabito Nunes


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

"… Nunca sofra por não ser uma coisa ou por sê-la…"
Clarice Lispector



E uma desilusão. Mas desilusão de quê? se, sem ao menos sentir, eu mal devia estar tolerando minha organização apenas construída? Talvez desilusão seja o medo de não pertencer mais a um sistema. No entanto se deveria dizer assim: ele está muito feliz porque finalmente foi desiludido. O que eu era antes não me era bom. Mas era desse não-bom que eu havia organizado o melhor: a esperança. De meu próprio mal eu havia criado um bem futuro. O medo agora é que meu novo modo não faça sentido? Mas por que não me deixo guiar pelo que for acontecendo? Terei que correr o sagrado risco do acaso. E substituirei o destino pela probabilidade.
Clarice Lispector

"De que vale no mundo ser-se inteligente, ser-se artista, ser-se alguém, quando a felicidade é tão simples! Ela existe mais nos seres claros, simples, compreensíveis e por isso a tua noiva de dantes, vale talvez bem mais que a tua noiva de agora, apesar dos versos e de tudo o mais. Ela não seria exigente, eu sou-o muitíssimo. Preciso de toda a vida, de toda a alma, de todos os pensamentos do homem que me tiver. Preciso que ele viva mais da minha vida que da vida dele. Preciso que ele me compreenda, que me adivinhe. A não ser assim, sou criatura para esquecer com a maior das friezas, das crueldades. Eu tenho já feito sofrer tanto! Tenho sido tão má! Tenho feito mal sem me importar porque quando não gosto, sou como as estátuas que são de mármore e não sentem."
Florbela Espanca


Let your life not be lived without the song in your soul not sung, the dance in your feet not danced, the smile upon your lips not expressed, the love in your heart not shared.
Hemal Radia


Mas estou cansada, apesar de minha alegria de hoje, alegria que não se sabe de onde vem, como a da manhãzinha de verão. Estou cansada, agora agudamente! Vamos chorar juntos, baixinho. Por ter sofrido e continuar tão docemente. A dor cansada numa lágrima simplificada”.
. Clarice Lispector


Existem pessoas que de uma certa forma mágica,
permanecem em nosso coração apesar da distância
e também das circunstâncias.
Caio Fernando Abreu


Dave Matthews Band - Crush

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? 

As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e acções de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. Estúpidas! É preciso aguentar. Já ninguém está para isso, mas é preciso aguentar. A primeira parte de qualquer cura é aceitar-se que se está doente. É preciso paciência. O pior é que vivemos tempos imediatos em que já ninguém aguenta nada. Ninguém aguenta a dor. De cabeça ou do coração. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguem antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar. 

É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si , isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução. 

Não adianta fugir com o rabo à seringa. Muitas vezes nem há seringa. Nem injecção. Nem remédio. Nem conhecimento certo da doença de que se padece. Muitas vezes só existe a agulha. 

Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado. 

O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar.

Miguel Esteves Cardoso, in 'Último Volume'



"Assim que você confiar em si mesmo, você saberá como viver." 

(Goethe)



Chega uma hora na sua vida em que você percebe que se continuar parado, vai se arrepender mais pra frente. Você percebe que se estiver caindo e não conseguir se levantar, a vida vai passar depressa. As circunstâncias da vida nem sempre são como você deseja, aquele padrão que você desejou não saiu bem como nos seus planos. Além de qualquer compreensão, você pode às vezes ser levado em direções diferentes que nunca imaginou ou sonhou. No entanto, se você não se esforçar em escolher um caminho, ou tentar realizar um sonho, então talvez nada mais faça sentido. Se você se perder em seus próprios pensamentos, a direção da sua vida será levada. Aceite o fato de que há um novo caminho. Mande embora os tantos "porques" que te corroem e se liberte de toda confusão. Qualquer coisa que tenha acontecido, é passado agora e ele é só uma breve reflexão. O futuro é o que deve ser realizado. O hoje é aqui. Siga sua trajetória com um passo de cada vez. Seja corajoso, tenha fé e determinação. Mantenha a cabeça erguida e vá atrás de seus sonhos, até as estrelas se preciso. Logo seus passos estarão mais firmes e seus pés estarão na direção certa, acredite. Um caminho que você nunca imaginou vai se tornar a direção mais confortável que você jamais poderia ter esperado. Acredite em si mesmo e encontre sua nova jornada. Você vai encontrá-la. Magnífica, espetacular, e será sua mais extravagante fantasia.
(desconheco o autor)

'Na verdade estou ótimo. E vou ficar melhor ainda: that’s is my revenge against the world (está certo?).''
Caio F. Abreu


"Não desista, vá em frente. Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso. Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado."
Caio F. Abreu